Esposa eficiente e Mulher moderna – Luís Fernando Veríssimo

Publicado: 14 de novembro de 2009 em Textos
Tags:, , , ,

Esposa Eficiente


O marido chega em casa às 18:00 h e diz à mulher que teria uma reunião às 22:00 h, mas que ele não iria, pois considerava isto um abuso.
Mas a mulher, preocupada com o marido, o convence que o trabalho é importante.
O marido então vai tomar um banho para se preparar e pensa:
“Foi fácil enganá-la!”
Como toda mulher, quando o homem entra no banho ela revista o bolso de seu paletó e encontra um bilhete onde estava escrito:
“Amor, estou esperando por você para comermos um pato ao molho branco.
Beijão, Sheila”.

Quando o marido sai do banho encontra sua mulher com uma roupa sensual e toda fogosa.
O marido não perde tempo e parte para o rala-e-rola.
A mulher lhe dá um trato tão bom que o marido adormece.
Quando vai chegando a hora, a mulher acorda o marido, que não quer mais ir a reunião, mas novamente ela o convence. Ao chegar à casa da amante, o marido cansado diz a ela que hoje trabalhou muito e que só iria tomar um banho e descansar um pouco.
Como toda mulher, ao entrar no banho revista o bolso de seu paletó, e encontra um bilhete onde estava escrito:

“Querida Sheila, o pato foi, mas o molho branco ficou todo aqui.
Beijão, a Esposa.”


Mulher Moderna


Amigas ao telefone:
-Oi, me conta como foi o encontro de ontem a noite?
– Horrível, não sei o que aconteceu…
– Mas por que? Não te deu nem um beijo?
– Sim… beijar, me beijou. Mas me beijou tão forte que meu dente postiço da frente caiu e as lentes de contato verdes saltaram dos meus olhos…
– Não me diga que terminou por aí…
– Não, claro! Depois pegou no meu rosto entre suas mãos, até que tive que pedir que não o fizesse mais, porque estava achatando o botox e me mordia os lábios como se fossem de plástico… ia explodir o meu implante de colágeno e quase sai o mega hair!!!
– E… não tentou mais nada?
– Sim, começou a acariciar minhas pernas e eu o detive, porque lembrei que não tive tempo para me depilar.
E além do mais, me arrebatou com uma luxúria e estava me abraçando tão forte que quase ficou com minhas próteses da bunda nas suas mãos e estourou meu silicone do peito…
– E depois, que aconteceu?
– Aí então, começou a tomar champagne no meu sapato…
– Ai, que romântico!!!
– Romântico o cacete! Ele quase morreu!!!
– E por que?
– Engoliu meu corretor de joanete com a palmilha do salto…
– Nossa, e o que ele fez ?
– Você acredita que ele broxou e foi embora?
Acho que ele é viado .
– Ah! Só pode!


Luís Fernando Veríssimo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s