Posts com Tag ‘mulher’

Manual para entender as mulheres

Publicado: 30 de julho de 2010 em Piadas
Tags:, , ,

Expressões usadas pelas mulheres…

E seus significados, que você homem, não pode deixar de conhecer:

1. “Certo

Esta é a palavra que as mulheres usam para encerrar uma discussão quando elas estão certas e decidiram que você precisa se calar.

2. “5 minutos

Se ela está se arrumando “5 minutos” significa meia hora. “5 minutos” só são cinco minutos se esse for o prazo que ela te deu para ver o futebol antes de ajudar nas tarefas domésticas ou fazer outra coisa que ela quer que seja feita.

3. “Nada

Esta é a calmaria antes da tempestade. Significa que ALGO está acontecendo e você precisa ficar atento. Discussões que comecem com “Nada” normalmente terminam com “Certo”.

4. “Você que sabe

É um desafio, não uma permissão. Ela está te desafiando, e nessa hora você tem que saber o que ela quer…

Não diga que também não sabe!

5. “Suspiro ALTO

Não é realmente uma palavra, é uma declaração não-verbal que frequentemente confunde os homens. Um suspiro alto significa que ela concluiu que você é um bobo e está imaginando por que ela está perdendo tempo parada ali discutindo com você sobre “Nada”.

6. “Tudo bem

Uma das mais perigosas expressões ditas por uma mulher.
“Tudo bem” significa que ela quer pensar muito bem antes de decidir como e quando você vai pagar por sua mancada.

7. “Obrigada

Se uma mulher está agradecendo, não questione, nem desmaie. Apenas diga “por nada”.

Mas se ela disser “MUITO obrigada”, é PURO SARCASMO e ela não está agradecendo coisa nenhuma.
Nesse caso, NÃO diga “por nada”. Isso apenas provocaria o “Esquece”.

8. “Esquece

Ela está dizendo “MORRA!!!”

9. “Deixa pra lá, EU resolvo

Outra expressão perigosa. Significa que ela disse várias vezes para você fazer algo, mas agora conclui que você é mesmo um inútil e vai resolver o assunto ela mesma.

Se você perguntar “o que aconteceu?”, quase certamente a resposta dela será a do item 3.

10. “Precisamos conversar

Agora, engrossou de vez e você está a 30 segundos de levar uma porta na cara ou um pé na bunda.

11. “Sabe, eu estive pensando…

Esta expressão aparentemente inofensiva, usualmente precede os “Quatro Cavaleiros do Apocalipse”… CORREEEEEEEEEEEEEEEEE…

Anúncios

Questão de ponto de vista

Publicado: 24 de julho de 2010 em Textos
Tags:, , ,

Duas mulheres conversando:

– Como foi sua transa ontem?

1ª – Uma catástrofe! Meu marido chegou do trabalho, jantou em 3 minutos, depois tivemos sexo durante 4 minutos e após 2 minutos, ele já estava dormindo! E sua transa, como foi?

2ª – Foi fantástica! Meu marido chegou em casa levou-me para jantar e depois passeamos à pé durante 1 hora até voltarmos para casa. Após 1 hora de preliminares à luz de velas, fizemos sexo durante 1 hora e, no fim, ainda conversamos durante mais 1 hora!

Dois homens conversando:

– Como foi tua trepada ontem?

1º – Foi fantástica! Cheguei em casa e o jantar estava na mesa; jantei, dei uma rapidinha e dormi feito pedra! E a sua?

2º – Uma catástrofe! Cheguei em casa e não havia luz porque esqueci de pagar a última conta. Tive que levar minha mulher para jantar fora. A comida foi uma porcaria e caríssima, tão cara que fiquei sem dinheiro para pagar o táxi de volta. Não tivemos outra alternativa senão ir a pé para casa. Chegamos em casa e como não tínhamos eletricidade, fomos obrigados a acender velas! Eu estava tão estressado que precisei de 1 hora até que o bicho ficasse duro e uma hora até conseguir gozar. Foi de tal maneira irritante que não peguei no sono durante 1 hora, e fui bombardeado pela minha mulher com uma infindável conversa fiada.

A Sociedade Feminina Brasileira se queixa do tratamento machista existente na gramática portuguesa, e com razão…

Vejam os exemplos:

Cão………… melhor amigo do homem.
Cadela……. puta.

Vagabundo……….. homem que não faz nada.
Vagabunda……….. puta.

Touro……………… homem forte.
Vaca……………….. puta.

Pistoleiro………….. homem que mata pessoas.
Pistoleira………….. puta.

Aventureiro………. homem que se arrisca, viajante, desbravador.
Aventureira………. puta.

Garoto de rua……. menino pobre, que vive na rua, um coitado.
Garota de rua……. puta.

Homem da vida….. pessoa letrada pela sabedoria adquirida ao longo da vida.
Mulher da vida…… puta.

O Galinha……….. o ‘bonzão’, que traça todas.
A Galinha……….. puta.

Tiozinho………… irmão mais novo do pai.
Tiazinha………… puta.

Feiticeiro………. conhecedor de alquimias.
Feiticeira………. puta.

Roberto Jefferson, Zé Dirceu, Maluf, ACM, Jader Barbalho, Eurico Miranda, Renan Calheiros, Lula, Delúbio……………. políticos.
A mãe deles………. putas.

E pra finalizar…

Puto……………….. nervoso, irritado, bravo.
Puta……………….. puta.


Depois de ler isto:

Homem………….. vai sorrir.
Mulher…………… vai ficar puta.

Mulher é complicada

Publicado: 13 de junho de 2010 em Curiosidades
Tags:,

Contos Eróticos – A mulher do meu tio

Publicado: 2 de junho de 2010 em Textos
Tags:, , ,

Nunca tinha pensado que minha mulher pudesse me abandonar. É claro que tínhamos nossas diferenças, mas que casal não as tem? O fato é que o dia em que ela disse que ia embora, foi o pior dia de minha vida. Fiquei deprimido por uns dois meses e mal conseguia me levantar para ir ao trabalho. Vivia me arrastando de um lado para o outro e mal conseguia comer. Sentia falta dela e, ao mesmo tempo, sentia muita raiva pelo que tinha feito comigo. Rosane e eu éramos amigos de um casal, Roberto e Sara, desde os tempos de namoro. Morávamos relativamente perto, de maneira que procurei o apoio deles para enfrentar aquela situação. Não demorou para que eu fizesse da casa deles quase a minha: jantava quase todas as noites com eles e ficava lá, conversando e bebericando até de madrugada, sentindo-me um pouco como um membro da família. Muitas vezes, sara, após o banho, vestia sua camisola de dormir e sentava-se comigo e com o marido na sala. Suas camisolas não eram transparentes, mas eu podia sentir sua nudez quente e macia por baixo delas. Por vezes, quando voltava para minha casa, deitava-me sozinho na cama e me masturbava pensando nos seios firmes e no traseiro gostoso de Sara. Depois de gozar, sentia-me culpado, pois afinal de contas, ela era mulher do meu melhor amigo. Mas estava carente e ainda demasiadamente fodido pelo abandono no qual eu me encontrava. Sabia que devia encontrar uma mulher para transar, mas continuava satisfazendo-me com as minhas mães e com os pensamentos voltados para Sara. Jamais me passou pela cabeça que algo pudesse acontecer entre nós na realidade.

Como Roberto às vezes trabalhava até tarde da noite, Sara e eu jantávamos sozinhos e depois fumávamos e conversávamos. Passaram-se alguns dias e eu e Sara começamos a ficar cada vez mais à vontade um com o outro e a expor nossos pensamentos e sentimentos mais íntimos. Uma noite começamos a falar sobre nossas experiências sexuais e eu confessei-lhe que, além de minha esposa, tinha transado apenas com cinco ou seis mulheres. Então ela me perguntou como estava sendo depois da separação e eu me senti demasiadamente constrangido para dizer-lhe a verdade. Mas o rubor da minha face provavelmente disse mais do que as palavras. Ela me olhou com certa piedade e eu me senti demasiadamente exposto naquele momento. Sara então se desculpou por estar invadindo minha privacidade, mas acrescentou que não podia deixar de se preocupar comigo e quis saber como é que desafogava “minha solidão”. Enquanto eu debatia comigo mesmo se deveria contar-lhe a verdade, o telefone tocou. Era Roberto avisando que não voltaria naquela noite porque havia um problema na estrada, disse que estava muito cansado e que dormiria num hotel. Disse-lhe que não se preocupasse, pois parecia nervosa com a ausência do marido. Depois de alguns minutos de silêncio, durante os quais ela me pareceu bastante pensativa, ela disse que achava que a estrada não era o único problema, pois Ana, a assistente dele, tinha viajado e ela não confiava na garota e nem nele nesse particular. Tentei convencê-la de que Roberto não faria isso. Ela disse que eu era ingênuo e acrescentou que a vida sexual deles não andava lá essas coisas. Que Roberto não sentia mais tesão por ela e que sabia que ele era capaz de comer a primeira xoxota que encontrasse. Fiquei um pouco chocado ao ouvi-la dizer tais coisas, mas enfim, éramos amigos íntimos e isso não era nada demais. Sara ficou olhando para mim por um tempo que me pareceu uma eternidade. Neste momento, devo ter ficado vermelho como sangue, pensando nas minhas noites solitárias com a imagem dela em minha cabeça.

Era como se ela adivinhasse meus pensamentos e soubesse que eu a desejava ardentemente. A situação ficou mais séria quando eu a ouvi balbuciar, já muito próxima ao meu rosto: “- Mostre-me que ainda sou capaz de atiçar o desejo de um homem.” Ao dizer isso, colocou seus lábios sobre os meus e enfiou sua língua para dentro da minha boca. Aquele beijo deixou-me imediatamente de pau duro e ela logo percebeu a ereção quando nos abraçamos. Sara começou a acariciar meu caralho por sobre a calça e eu estava tão excitado que achei que ia ejacular ali mesmo.

Mas Sara tinha outra idéia em mente: ajoelhou-se na minha frente e sorrindo, começou a abrir o zíper de minha calça. Meu pau estava tão duro que foi difícil tirá-lo d dentro da cueca.

Antes de começar a chupar-me, ela acariciou meu cacete e se deliciou com o que viu: “- Hummmm… parece gostoso de chupar!”, ela murmurou e começou a fazê-lo. Primeiro lambeu a cabeça com longas passadas de língua. Em seguida, colocou-o todo na boca.

Enquanto o devorava, acariciava suavemente minhas bolas e eu me sentia tão excitado como nunca estivera, pelo menos não me lembrava. Quando me dei conta, ela tinha colocado os braços em volta da minha cintura e estava apertando minhas bolas enquanto me chupava. Não pude evitar de explodir em sua boca. Tentei afastar-me um pouco, para agir de forma como eu agia com minha mulher, mas Sara continuou firme, me chupando com voracidade. Quando acabei de ejacular em sua boca e comecei a retirar meu caralho, Sara ainda engolia o meu sêmen e dizia: “- Você é muito gostoso… sempre achei que sua mulher era uma idiota… como pode deixar livre um cacetão tão delicioso quanto este?” Eu a ergui e a coloquei de pé diante de mim. Comecei a desabotoar sua blusa e, apesar de ter acabado de gozar em sua boca, continuava excitado de um jeito como não me sentia há anos. Como de costume, ela não estava de sutiã e seus mamilos estavam tão duros como flechas apontadas. Coloquei minha boca sobre seu seio direito e chupei-o feito um bebê faminto. Ela suspirou, pedindo-me que fizesse o mesmo com o outro. Enquanto eu chupava o outro seio, ela começou a esfregar sua xoxota na minha perna. Abri seu jeans e comecei a acariciar sua buceta molhada por cima da calcinha, também já molhada. “- Enfie o dedo, por favor… preciso de você dentro de mim…”, ela suplicou. Afastei a calcinha para o lado e acariciei seu clitóris com um dedo, enquanto enfiei outro em seu buraquinho. Ela começou a movimentar rapidamente os quadris, pressionando a xoxota contra minha mão. Despi-a rapidamente e substituí a minha mão pela minha boca. “- Oh… assim, não pare, chupe-me, enfie sua língua em minha buceta, por favor, quero gozar!” Suas palavras soavam como uma ordem e, ao mesmo tempo, ela implorava humildemente para que eu a fudesse. Disse-lhe para não se preocupar, pois eu a faria gozar muito, e ataquei de lábios e língua aquela xoxota molhada, prestando especial atenção no clitóris ereto. Não demorou para eu sentir que ela começava a ter um orgasmo.

Começou a chorar, gritar e gemer de prazer, abrindo as pernas e contorcendo os quadris. Acalmou por uns instantes e começou novamente, tendo outro orgasmo. Então todo o seu corpo se estremeceu. Nessa altura, meu pau estava de novo duro como pedra. Vendo-o, ela pediu que eu o metesse nela, por trás, porque queria sentir minhas bolas no seu traseiro. Virando-se, colocou-se de quatro e pressionou-se para mim.

Seu traseiro era grande e firme. Consegui introduzir-me em sua buceta sem nenhuma dificuldade. Coloquei os braços em volta dela, apertei seus seios e a fudi feito um louco. Não demorou para meus líquidos se misturarem aos dela, e gozássemos despudoradamente, com nossos corpos colados, arfantes e por fim, saciados. Acabada aquela trepada, ela disse que teríamos ainda a noite toda para muito mais. E que noite foi aquela! Apesar de ter-me mudado e deixado de ter contato com Roberto e Sara, ainda fico de pau duro só de lembrar do corpo dela. Felizmente encontrei outra mulher que gosta tanto de fuder quanto a mulher do meu melhor amigo.

Homem, mulher e viado

Publicado: 25 de abril de 2010 em Piadas
Tags:, , , , ,

AS REAÇÕES DE UM HOMEM, UMA MULHER E UM VIADO A 10 SITUAÇÕES DIFERENTES:

1. Diante de uma barata:

Homem: Ah, se eu não estivesse descalço.

Mulher: Socorro! Uma barata.

Viado: Alô!!! É do Corpo de Bombeiros ?…


2. Diante de um belo homem:

Homem: É veado!

Mulher: É um deus!

Viado: É meu!


3. Diante de uma bela mulher:

Homem: Gostosa!

Mulher: Gorda!

Viado: Traveca!


4. Quando está amando:

Homem: Peça o que você quiser.

Mulher: Eu te amo.

Viado: Como você reagiria se por acaso soubesse que outro homem está gostando de você ?


5. Ao ver uma partida de futebol:

Homem: Que golaço!

Mulher: Que saco !

Viado: Que pernas!


6. Quando são traídos:

Homem: Eu não gostava mesmo de você!

Mulher: Eu te odeio!

Viado: Que tal nós três?!


7. Quando estão com muito dinheiro:

Homem: Hoje vou sair com os amigos!

Mulher: Hoje eu vou ao shopping!

Viado: Hoje ele me come!


8. Quando vão ao cabeleireiro:

Homem: Corta !

Mulher: Apare só as pontas.

Viado: Quero igualzinho ao dela!, e pica atrás.


9. Quando acordam:

Homem: Estou com fome!

Mulher: Estou horrível!

Viado: Onde estou?


10. Quando estão num campo de futebol:

Homem: FILHA DA PUTA!!! CORNO!!! DESGRAÇADO!!!

Mulher: Porque ninguém passa a bola para aquele que tá com o apito ?

Viado: lêê, lê lê ôôô, lê lê ôooo!!! lêêô

VASCOOOO !!!!!

Por que as mulheres traem?

Publicado: 10 de março de 2010 em Utilidade Pública
Tags:, , ,

Recebi isso num e-mail e achei muito interessante, então vou compartilhar!


POR QUE AS MULHERES TRAEM?

FOI PROVADO, APÓS ACOMPANHAMENTO DE VÁRIOS CASOS, QUE TODA MULHER PRECISA DE DOIS HOMENS: UM EM CASA E OUTRO FORA DE CASA.
PARA ENTENDER, É MUITO SIMPLES:

1. O MARIDO CUIDA DA PARTE FINANCEIRA, PAGA AS CONTAS DOS FILHOS, DA ESPOSA E DA CASA.

2. O OUTRO CUIDA DE VOCÊ.

3. O MARIDO FALA DOS PROBLEMAS, DAS CONTAS A PAGAR, DAS DIFICULDADES DO DIA.

4. O OUTRO FALA DA SAUDADE QUE SENTIU DE VOCÊ DURANTE A SUA AUSÊNCIA.

5. O MARIDO COMPRA UMA ROUPA NOVA PARA IR A UM COMPROMISSO DE TRABALHO.

6. O OUTRO TIRA ESSA MESMA ROUPA SÓ PRA VOCÊ.

7. O MARIDO DORME COM AQUELA CAMISETA VELHA E DE CUECA AS VEZES ATÉ DE MEIA.

8. O OUTRO DORME COMPLETAMENTE NU, ABRAÇADINHO A VOCÊ.

9. O MARIDO RECLAMA DAS COISAS QUE TEM QUE CONSERTAR EM CASA.

10. O OUTRO TE RECEBE NO APARTAMENTO ONDE TUDO FUNCIONA PERFEITAMENTE.

11. O MARIDO TELEFONA PRA CASA E FICA PERGUNTANDO O QUE TEM QUE COMPRAR NO SUPERMERCADO, PADARIA E ETC.

12. O OUTRO TELEFONA SÓ PRA DIZER QUE COMPROU UM CHAMPGNE QUE VOCÊ VAI ADORAR.

13. O MARIDO RECLAMA DO CHEFE, DO TRABALHO, DO CANSAÇO DE ACORDAR CEDO.

14. O OUTRO RECLAMA A SUA AUSÊNCIA E OS DIAS QUE FICA SEM TE VER.

15. AH…ESQUECI O IMPRESCINDÍVEL…O OUTRO NUNCA VAI TOMAR CERVEJA COM OS AMIGOS NUMA SEXTA-FEIRA!!! – ELE ESTARÁ COM VOCÊ ENQUANTO O CORNO ESTA ENCHENDO A CARA COM UM MONTE DE MACHO DO LADO.

BEM, VOCÊ VAI ME PERGUNTAR:

– POR QUE NÃO TROCAR O MARIDO PELO AMANTE?

PELO SIMPLES FATO DE QUE O AMANTE SE FOR VIVER COM VOCÊ, PASSARÁ PARA O PAPEL DE MARIDO E LOGO, LOGO, VOCÊ PRECISARÁ ARRUMAR OUTRO.

CONSELHO ÚTIL:

NÃO SEJA EGOÍSTA GUARDANDO ESTE TEXTO APENAS PARA VOCÊ.
EXISTE UMA MALDIÇÃO QUE CASO ELE NÃO SEJA TRANSMITIDO A PELO MENOS CINCO AMIGAS, EM 10 MINUTOS, VOCÊ FICARÁ SÓ.

NÃO DEIXE ESTA CORRENTE PARAR.
VOCÊ PODE AJUDAR.
CONTAMOS COM VOCÊ!!!

Agora é com vocês, mulherada!!!

hehehehehehehe